Puxa-sacos e líderes incompetentes se merecem

22/07/2019

 

Na edição anterior fui questionado por uma pessoa: Por que vocês não falam das coisas boas que existem em Colina? Por que essa meia dúzia de pessoas só critica? 
Sabe o que é meu caro, nosso papel é fazer as pessoas de nossa cidade enxergar o real das coisas. E a meia dúzia de pessoas (claro, que são mais), faz brilhantemente o trabalho que deveria ser dos vereadores, de fiscalizar o executivo, e gratuitamente.
Até pensei que o cidadão nem morasse em Colina, que fosse alguém de fora que estivesse indagando-me.
Disse o cidadão que a saúde está ótima, que a educação idem. 
Só para deixar bem claro, meu caro. Tudo que escrevemos e publicamos tem base e fundamentação. Somos uma imprensa de verdade e não uma imprensa “chapa branca”.
Quanto a saúde no município lamento informá-lo que não anda bem. Só quem realmente precisa sabe o que estou escrevendo. No pronto socorro uma espera de até 4 horas para o paciente ser atendido. E tantos outros probleminhas solucionáveis com uma boa gestão. 
E, saiba que, para os 4 anos dessa administração temos mais de 70 milhões para saúde no orçamento colinense. E, no mais, se a saúde fosse tão boa assim, o município não precisaria dar ao funcionalismo público, um plano de saúde, e gastar com o mesmo. O funcionário público usaria o sistema de saúde do município.
Já citamos em edição anterior que falta o básico para o cidadão: uma UTI, setor neonatal, um setor de hemodiálise para atender quem precisa fazer diálise. Só quem faz hemodiálise sabe o sofrimento em ficar por 4 horas (3 vezes por semana), tendo que se dirigir para Barretos ou mesmo Bebedouro. 
A educação só anda pelo empenho dos profissionais da área. Docentes que priorizam os discentes independentemente de política. Pasmem! Para os 4 anos dessa administração temos mais de 100 milhões para educação no orçamento colinense. E não temos uma educação de 100 milhões. 
Disse ainda o cidadão que é só ouvir o prefeito falar nas entrevistas e até indicou-me uma entrevista do mesmo para ficar bem informado. Falar, até papagaio fala, ou não? 
Quem mora fora da cidade e acompanha Colina apenas pelas informações pagas do município, vão pensar que nossa cidade virou uma Dubai. Por que a realidade vendida não corresponde à vivida pelos cidadãos.
E, no mais, Colina tem um orçamento de mais de 320 milhões para os quatro anos da administração 2017/2020
Comentou do misterioso incêndio no Centro Cultural, hoje conhecido como “elefante branco”. E, que a política contrária colocou fogo no local. O que estranha é o fato de que, duas semanas antecedendo o incêndio que consumiu as estruturas do “elefantão”, o local passaria por uma vistoria por parte do Ministério Público. Aí pegou fogo e o fogo queima todas as evidências presumíveis. 
Cidade sem uma política para geração de emprego. Sem perspectiva para nossos jovens e a quem pretende evoluir profissionalmente, em uma cidade que parou no tempo.
E, falo mais (ou melhor, escrevo). É hora de descoisar as coisas que estão coisadas em Colina.
Deixo claro que sou totalmente a favor de discussões políticas, desde que, com o mínimo de senso crítico, sem “puxa-saquismo”.
Sem mais!

Please reload

O POVO TV

siga o Jornal O POVO
  • Facebook B&W
 POSTS recentes: 
Please reload

 procurar por TAGS: 
Please reload

Lilia Cristina da Silva Anastácio Edição de Jornais - ME. | Av. Santos Dumont, nº 1833 | Bairro Aeroporto | Barretos – SP | CEP 14783-115 | Tel: 17 3323.4960

© 2020 - Jornal O Povo Online - Todos os direitos reservados. Max Neves

  • Facebook B&W