Ingerência? Incapacidade do gestor? Como “maquiar” uma obra comprometida, abalada pelo “misterioso incêndio”?

01/07/2019

 

É no mínimo zombar da população, sinônimo de desperdício de dinheiro público.
Para deixar a obra em condições decente de uso, a prefeitura teria que gastar em dinheiro atual, mais de “três milhões e meio de reais”. Ou seja, o que se gastou até agora com mais esse montante, a obra chegaria a aproximadamente 7 milhões de reais.
Segundo a Secretaria de Assuntos Jurídicos da prefeitura, a administração municipal nega irregularidades na obra e que todos os trâmites foram tomados dentro do previsto na Lei de Licitações.
Para o ex-Procurador Geral do Estado, Dirceu Chrysostomo, falta a cultura da transparência para algumas prefeituras: “Para muitos assuntos na área pública, é uma forma dessas prefeituras se ocultar de informação ao tribunal de contas. Com isso a falta de informação diretamente para a população. Uma forma de se ocultar (falta de transparência) daquilo que vem acontecendo e impedir a fiscalização direta pelo povo”.
A população precisa entender que cidadania é acompanhar o Poder Público, é poder fazer a fiscalização. Não podemos nos restringir ao dia de votação. É preciso acompanhar o que o Poder Público faz e como faz. O munícipe é o principal agente dessa transformação, dessa cobrança. 
Faça sua denúncia, fiscalize diretamente ao Tribunal de Contas da União no site: www.tce.sp.gov.br.

 

 

Please reload

O POVO TV

siga o Jornal O POVO
  • Facebook B&W
 POSTS recentes: 
Please reload

 procurar por TAGS: 
Please reload

Lilia Cristina da Silva Anastácio Edição de Jornais - ME. | Av. Santos Dumont, nº 1833 | Bairro Aeroporto | Barretos – SP | CEP 14783-115 | Tel: 17 3323.4960

© 2020 - Jornal O Povo Online - Todos os direitos reservados. Max Neves

  • Facebook B&W