Musa, Embaixador e Porta Estandarte abrem corso do Espalha Samba neste sábado

07/03/2019

Animação é o que não vai faltar no corso carnavalesco do Cordão Espalha Samba, neste sábado, 2 de março, em Barretos. O trio formado por Tatiana Thomaz, a Musa Espalha Samba; Destão, Embaixador do corso e famoso mestre-sala barretense, e Selma Daniel, Porta Estandarte, abre o desfile contagiando os foliões num percurso de cerca de 1,2 mil metros.
Este é o quarto ano consecutivo que a jornalista Tatiana Thomaz participa. “É sempre uma grande alegria. Convido o barretense e o visitante que estiverem na cidade, desde a criança ao idoso. É uma cultura que buscamos preservar com nosso carnaval no ritmo das marchinhas, com a Banda Espalha Samba”, antecipa Tatiana Thomaz.
“Fui homenageado no primeiro ano e depois agraciado com o título de Embaixador, que muito me honra. É muito lindo estar presente e proporcionar um dia agradável para as famílias”, afirma Destão. “Levar o estandarte a frente do corso é algo maravilhoso, indescritível”, ressalta Selma Daniel, que marcou história em outros carnavais de rua na cidade. 
O carnaval do Espalha Samba começa às 14 horas com a concentração. Às 14h30 tem início Roda de Samba com o Quinteto Espalha Samba, liderado pelo cavaquinhista Zé Luiz. Às 17h30 serão feitas as homenagens a quatro pessoas com história no carnaval barretense e um bloco. Às 18 horas acontece a saída do corso, com animação da Banda Espalha Samba, no ritmo das marchinhas, passando pelos bairros Celina e Bela Vista, chegando na Pracinha da Primavera onde haverá apresentação, além da banda, da bateria Cacique do Morro.
A Banda Espalha Samba é formada por Humberto Schettini (maestro e sax), Cheirinho (trombone), Biga Costa e Larissa (trompete), Denilton (bateria), Branco (contrabaixo), Suênio Spíndola (teclado) e Fausto e Elíseo (vocais). A bateria Cacique do Morro terá como mestre Ricardo Melquiádes, sendo formada por mais 12 instrumentistas que também estarão no corso.
PLANO B
A diretoria do Cordão espera que o tempo esteja aberto neste sábado, mas mesmo assim tem um plano B se o clima for diferente. Na concentração serão montadas tendas para a proteção dos foliões em relação ao sol, e que servem de abrigo no caso de chuva. 
“Não contrariamos a natureza. Torcemos para o tempo estar como nos três primeiros anos, mas estamos tendo um período chuvoso. Mesmo assim o carnaval do Espalha Samba acontecerá, neste caso na concentração, já que teremos cerca de 300 metros quadrados de área coberta”, afirma o coordenador e fundador do Corso, Patrício Augusto.

 

 

 

Please reload

O POVO TV

siga o Jornal O POVO
  • Facebook B&W
 POSTS recentes: 
Please reload

 procurar por TAGS: 
Please reload

Lilia Cristina da Silva Anastácio Edição de Jornais - ME. | Av. Santos Dumont, nº 1833 | Bairro Aeroporto | Barretos – SP | CEP 14783-115 | Tel: 17 3323.4960

© 2020 - Jornal O Povo Online - Todos os direitos reservados. Max Neves

  • Facebook B&W