Incêndio atinge Ninho do Urubu e deixa 10 mortos e 3 feridos

11/02/2019

Um incêndio atingiu o Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo, na manhã desta sexta-feira (08) no Rio de Janeiro. O incêndio foi controlado, mas segundo o Corpo de Bombeiros da cidade há 10 mortos e três feridos, um deles em estado grave. O incêndio atingiu a ala mais velha do CT, que servia de alojamento para as categorias de base e recebia jogadores de 14 a 17 anos de idade. As vítimas estavam dormindo no momento do incêndio, o que teria contribuído para a tragédia. Os bombeiros foram acionados às 5h17 e os feridos foram levados para o hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.  Segundo os bombeiros, os três feridos foram identificados como Cauã Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos; Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos; e Jonathan Cruz Ventura, 15 anos.

 

vítimas fatais 
 

Athila Paixão - era de Lagarto, Sergipe, e tinha 14 anos. Jogava no clube desde março de 2018. O pai contou ao G1 que, em sua última conversa com o filho, ele disse que jogaria no Maracanã na sexta-feira em que aconteceu o incêndio.
Arthur Vinicius - o jogador morava com a família em Volta Redonda e completaria 15 anos no sábado (9). A família foi avisada e está a caminho do Rio, segundo informações da TV Rio Sul.
Bernardo Pisetta - nascido em Santa Catarina, era goleiro e já tinha atuado em outros times de futebol e equipes de futsal.
Christian Esmério - goleiro das categorias de base do Flamengo. Em abril de 2018, ele postou uma foto nas redes sociais de uma conquista com o clube. Acumulava convocações para a seleção.
Gedson Santos - Tinha 14 anos e era natural de Itararé (SP). O meio-campista era recém-contratado do Athletico Paranaense. Ele tinha ido para o Rio de Janeiro há uma semana e estava no Centro de Treinamento há apenas dois dias, segundo o tio Agenor Monteiro.
Jorge Eduardo Santos - tinha 15 anos e era de Além Paraíba (MG). Ele começou a jogar futebol aos 7 anos e chegou às categoria de base do Flamengo aos 12 anos.
Pablo Henrique da Silva Matos - primo do zagueiro Werley, do Vasco, joga no sub-17 do Flamengo, é de Minas Gerais e morava no centro de treinamento.
Rykelmo de Souza Vianna - Tinha 16 anos e atendia pelo apelido de Bolívia. Era natural de Limeira (SP) e jogava no meio de campo, como volante. Ele jogava na categoria de base do Flamengo e iria completar 17 anos no próximo dia 26.
Samuel Thomas Rosa - O garoto de 15 anos era morador de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Preferiu dormir no CT para voltar para a Baixada nesta sexta. Samuel jogava de lateral direito.
Vitor Isaías - nascido em Santa Catarina, tinha 15 anos. Era atacante e tinha seis meses de Flamengo. Começou a carreira no futsal do Figueirense.

 

 

 

Tags:

Please reload

O POVO TV

siga o Jornal O POVO
  • Facebook B&W
 POSTS recentes: 
Please reload

 procurar por TAGS: 
Please reload

Lilia Cristina da Silva Anastácio Edição de Jornais - ME. | Av. Santos Dumont, nº 1833 | Bairro Aeroporto | Barretos – SP | CEP 14783-115 | Tel: 17 3323.4960

© 2019 - Jornal O Povo Online - Todos os direitos reservados. Max Neves

  • Facebook B&W