Barretos foi o município da região com o pior desempenho na geração de empregos em 2017

08/02/2018

Dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) colocam o município de Barretos com o pior desempenho na geração de empregos em 2017. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), Barretos sofreu uma perda de 1.183 vagas, o pior resultado desde 2012. O resultado negativo considera 11.405 admissões e 12.588 desligamentos em 12 meses.
O levantamento apontou  que o setor de Serviços sofreu uma queda de 814 vagas e Indústria de Transformação uma queda de 404. Estes foram os piores desempenhos na geração de empregos formais no ano passado em Barretos.
Ainda, segundo o levantamento CAGED/MTE, a Construção Civil fechou 16 vagas, o Comércio perdeu uma vaga com carteira assinada e a administração pública outras 4 vagas. Somente dois setores apresentaram desempenhos positivos em 2017: Serviços Industriais (2) e Agropecuária (54).
Para José Carlos Ramos Júnior, diretor do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), de Barretos, a expectativa para o primeiro trimestre de 2018 é de melhoria, devido, segundo ele, às contratações das indústrias sucroalcooleiras da região.
Os dados positivos do levantamento ficaram para Bebedouro, que encerrou 2017 com o maior saldo de empregos do Estado de São Paulo e o terceiro do país. O bom desempenho de Bebedouro se deveu, sobretudo, pela margem de empregos criados no setor agropecuário, cujo carro-chefe é a produção de laranja.
 

 

 

Please reload

O POVO TV

siga o Jornal O POVO
  • Facebook B&W
 POSTS recentes: 
Please reload

 procurar por TAGS: 
Please reload

Lilia Cristina da Silva Anastácio Edição de Jornais - ME. | Av. Santos Dumont, nº 1833 | Bairro Aeroporto | Barretos – SP | CEP 14783-115 | Tel: 17 3323.4960

© 2019 - Jornal O Povo Online - Todos os direitos reservados. Max Neves

  • Facebook B&W