Educação

Rede estadual de SP terá aprovação continuada em todas as séries em 2020



A rede estadual de ensino de São Paulo terá progressão continuada em todas as séries em 2020 para os estudantes que tiverem feito alguma atividade letiva. A proposta foi aprovada na última quartafeira (4) pelo Conselho Estadual de Educação.

Estudantes que não tenham feito nenhuma atividade neste ano serão convocados para recuperação presencial em janeiro, para que possam seguir ao próximo ano escolar em 2021.

A medida ainda precisa de homologação do secretário da Educação, Rossieli Soares.

Excepcionalmente por conta da suspensão das aulas com a pandemia do novo coronavírus, a medida prevê que os anos letivos de 2020 e 2021 sejam considerados um único ciclo contínuo, formado por oito bimestres escolares.

Assim, os estudantes serão matriculados no próximo ano na série subsequente da que estão atualmente, em regime de progressão continuada.

Segundo a proposta da Secretaria Estadual de Educação, as escolas deverão oferecer aos estudantes ainda neste ano “oportunidades para que realizem atividades presenciais ou não presenciais correspondentes ao necessário para que se considerem estudantes frequentes”. O parâmetro para o mínimo de atividades para considerar a frequência não foi estabelecido.

Nas próximas semanas deverá ser publicada uma regulamentação para orientar as escolas sobre como aferir o mínimo de frequência. No entanto, esse parâmetro deverá ser estabelecido por cada unidade.

A avaliação detalhada da aprendizagem dos alunos será feita apenas no início do ano letivo de 2021 para identificar quem avançou de série sem que tenha desenvolvido as competências esperadas. A resolução prevê que as escolas deverão elaborar um plano de reforço específico para cada estudante.

Segundo o secretário, a recuperação presencial em janeiro será um esforço extra para garantir a oportunidade de progressão a todos os alunos.

Neste mês, o calendário do estado prevê férias aos estudantes e professores. No entanto, ele afirmou que haverá contratação de docentes para as aulas de recuperação


Mais sobre Educação