Saúde

Hospital de Amor inicia vacinação contra a Covid-19 em seus colaboradores



O Hospital de Amor viveu momentos de muita emoção e alegria na última quinta-feira, 21 de janeiro, ao dar início à vacinação de seus colaboradores contra a COVID-19. Após meses de muita dedicação e coragem atuando na linha de frente contra o novo coronavírus, dois profissionais da saúde, o médico do Centro de Intercorrência Ambulatorial (CIA) do HA, Sérgio Luiz Brasileiro Lopes, e a coordenadora de enfermagem, Alessandra da Silva Maldonado, foram os primeiros a serem imunizados.
De acordo com o médico infectologista do hospital, Dr. Paulo de Tarso Oliveira e Castro, ainda existem poucas doses da vacina, por isso, os colaboradores que ficaram na linha de frente foram os escolhidos para essa etapa inicial.
Para o dr. Sérgio Lopes, a vacina tem um benefício fundamental não só para todos que a tomarem, mas também para todos que têm contato com quem foi vacinado. "Começar essa onda de vacinação é essencial e, mais essencial ainda, é entender a importância de ser vacinado para não termos um ano tão difícil como foi 2020. A vacina é a nossa esperança. Ser o primeiro a receber a aplicação aqui no Hospital de Amor é muito emocionante e a certeza de que vai me proteger e também a minha equipe, que é a linha de frente que enfrenta essa pandemia dia a dia", explicou o médico.
A coordenadora de enfermagem, Alessandra Maldonado, que atua há 19 anos no HA, não conseguiu segurar a emoção ao receber a vacina. "Estou bastante emocionada, pois eu esperei muito por esse momento. Quem está na linha de frente sabe da angústia que nos acompanha diariamente e do medo de nos contaminar e também a nossa família", declarou.
Depois de imunizar os colaboradores do Hospital de Amor, a equipe responsável pela aplicação da vacina seguirá imunizando os profissionais da saúde das outras instituições de Barretos.


Mais sobre Saúde