Administração

Empresas e prefeitura estudam parceria para compra de vacinas contra Covid 19



A prefeita Paula Lemos durante reunião com o vereador Luiz Anastácio Paçoca e diretores da empresa Minerva

A prefeita Paula Lemos anunciou no começo deste mês o envio de propostas a fabricantes e distribuidoras da vacina Sputnik V e, também, por meio de consórcio com outras prefeituras brasileiras.  O objetivo é a aquisição de 80 mil doses para a aplicação em 40 mil barretenses.
Serão três frentes para a busca da vacina. Segundo Paula Lemos, uma é pela Frente Nacional dos Prefeitos; outra com uma empresa de Portugal e com a Embaixada da Rússia. “Onde for assinado o primeiro contrato estaremos lá para garantir a vacina do barretense”, frisou.
O Ministério da Saúde assinou nesta sexta-feira (12) um contrato para receber 10 milhões de doses da vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya da Rússia e importado pelo laboratório União Química. O imunizante tem 91,6% de eficácia contra casos sintomáticos da covid-19.
O cronograma inicial prevê que 400 mil doses da vacina podem chegar ao Brasil até o fim de abril. Em maio, a expectativa do governo é receber outras 2 milhões de doses e, em junho, 7,6 milhões.
A União Química informou ao governo que pretende fabricar a vacina em São Paulo e no Distrito Federal. A possibilidade será avaliada pela Saúde nas próximas semanas e pode levar a outro acordo comercial.


Mais sobre Administração